pictureName

Blog

  • pictureName

Ministério da Agricultura certifica Safeeds como empresa livre de Ractopamina


O certificado emitido pelo Ministério da Agricultura atesta a qualidade dos produtos da Safeeds destinados à alimentação animal sem a adição do medicamento Ractopamina.

Preocupada em atender os mais altos padrões de exigência nacionais e internacionais de qualidade da carne brasileira, a Safeeds aditivos para nutrição animal conquistou mais uma importante certificação emitida pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA). Após ampla auditoria realizada pelo órgão governamental, a Safeeds foi classificada no Grupo-1 nos procedimentos de boas práticas de fabricação (BPF) do MAPA (o grupo-1 é a mais alta classificação possível no ranking ) e também livre da Ractopamina. 

A Ractopamina é um medicamento beta-agonista utilizado como aditivo para aumentar a deposição de carne e reduzir o acúmulo de gordura nos suínos. Segundo o Médico Veterinário e responsável pela Gestão da Qualidade da Safeeds, Caio Telline, rações com essa substância fazem com que o animal aumente a eficiência de deposição de carne magra e com que a carcaça do suíno tenha um menor percentual de gordura, trazendo benefícios econômicos para a indústria de carne suína. “No entanto, a Ractopamina é proibida em muitos importantes mercados importadores como a comunidade européia, Taiwan, Rússia e vários outros ”, explica. 

O Brasil é o maior exportador de carne do mundo, e para atender as exigências do comércio internacional na área de segurança alimentar, o MAPA passou a emitir certificados especiais, como o de isenção de ractopamina após a comprovação de que as empresas cumprem com procedimentos de boas práticas (BPF) e de que não utilizam este ingrediente em seu processo de produção. Esta verificação acontece através de auditoria in loco envolvendo uma comitiva de fiscais do MAPA, pertencentes a diferentes setores do Ministério.

Respeitando rigorosamente as exigências da legislação, a Safeeds é certificada para o BPF desde 2013 – ano em que iniciou suas atividades na produção de aditivos. A empresa adota um conjunto de procedimentos necessários e indispensáveis para a produção de alimentos inócuos e saudáveis. “Para conquistar estas certificações de BPF e de empresa livre de Ractopamina a Safeeds segue rigorosamente procedimentos concretos, sedimentados e eficazes como filosofia interna para garantir a segurança dos produtos em longo prazo e elevar a satisfação dos clientes”, afirma o diretor administrativo, Paulo Guerra.

A Safeeds é regida por um programa interno de qualidade e realiza investimentos constantes na formação e capacitação de sua equipe, melhorias nas instalações, modernização do sistema de automação das fábricas, tudo isto gerenciado pelo mais moderno sistema tecnológico disponível da SAP.  Esse reconhecimento obtido pela Safeeds permitirá que os certificados emitidos pelo MAPA sejam estendidos à clientes e a entidades internacionais que se relacionam com a indústria de alimentos brasileira. 

Tags